Pesquisas e reflexões

Artigos científicos e relatos de experiências selecionados sobre jornal escolar. Para baixar, clique no texto escolhido.

 

ANDRADE, S. Educomunicação: Rompendo Paradigmas Construindo Novas Concepções para o Ensino Infantil.

ASSUMPÇÃO, Z. Jornal Escolar on-line como Instrumento de Educação e Cultura.

BALTAR, M. A Competência Discursiva através dos Gêneros Textuais: Uma Experiência com o Jornal de Sala de Aula. 5-star

BASTOS, M. Infâncias Escritas: O Jornal “A Voz da Escola” (1936-1938).

BONINI, A. Jornal escolar: gêneros e letramento midiático no ensino-aprendizagem de linguagem.

BRANDÃO, C. Jornal escolar: da periferia ao centro do processo educativo.

CALDAS, G. Mídia, Escola e Leitura Crítica do Mundo.

CARVALHO, R. O Jornal Escolar como estratégia para produção e publicação de diferentes Gêneros Textuais em Sala de Aula: Um estudo de caso do jornal “Galera Roldão”.

CIOPPO, M. Jornal Escolar: Fundamentos & Experiências.

COSTA, J. Alunos Leitores e Redatores: O Jornal Mural em Sala de Aula.

COSTA, L. Jornais: do Ler e do Fazer.

COSTA, O. O Jornal Escolar Articulado ao Uso da Mídia Impressa e Digital na Escola Orlando Bueno da Silva.

CUNHA, R. Jornal Escolar: do Letramento à Cidadania.

CUNHA, R. Jornal Escolar: Raio de Ações, Rede de Significações.

CUNHA, R. O Jornal Escolar: Instrumento para a Formação Crítica e Cidadã.

DECKERT, C. A Inclusão através do Jornal Escolar.

DEMOLY, B. Criação de um Jornal na Sala de Aula de Português.

DOLABELLA, A. Jornal, Leitura e Escola – uma experiência de extensão em educação para a mídia.

FREZZA, R. Educando para a Sensibilidade: Combate a Violência e o Preconceito na Escola. Editando um Jornal Escolar.

GONZATTI, A. O Jornal Escolar: Um Relato do Resgate à Função Social da escritura na Sala de Aula da Alfabetização a partir de ‘Projetos de Letramento’.

IJUIM, J. Jornal Escolar: do Instrumento Didático ao Instrumento Complexo.

IJUIM, J. Jornal Escolar: Inter-Relação Criativa.

IJUIM, J. Jornal Escolar e Vivências Humanas: um roteiro de viagem. 4-star

JAWSNICKER, C. Educomunicação: Reflexões sobre Teoria e Prática. A Experiência do Jornal do Santa Cruz.

JUSTUS, L. O Jornal Escolar e a Livre Expressão na visão de Célestin Freinet.

LANDOLI, C. A Construção do Jornal Escolar em torno da Inter/Transdisciplinaridade.

LIMA, V. A Utilização do Jornal Escolar como Metodologia de Ensino de Língua Portuguesa e sua Influência na Aprendizagem em Sala de Aula.

LIMA, V. Jornal Escolar: Letramento e Ensino de Gêneros.

LIMA, V. O Jornal Escolar como Metodologia de Ensino e Aprendizagem de Língua Portuguesa.

LUSTOSA, E. História da Mídia Impressa na Educação.

MARQUES, T. O “Ludismo” como Prática Pedagógica: Possibilidade de se Trabalhar com Jornal Escolar.

MARTINS, C. As Técnicas Pedagógicas de Célestin Freinet: Um Estudo de Caso com o “Jornal Escolar”.

MIRANDA, A. O Jornal Escolar e a Educação Problematizadora: Vislumbrando uma Aproximação.

OLMOS, O. Criação do Jornal da Sala de Aula: Uma Proposta de Trabalho com Gêneros Textuais.

PARENTE, C. Comunidade, Escola, Jornal Escolar: Um Estudo de Caso.

PEREIRA, K. Tecnologia na Educação: Projeto Jornal na Escola. Uma visão interdisciplinar.

PINHEIRO, A. A Voz que fica na Celebração da Educação Escolar Paulista: O Jornal Escolar Nosso Esforço (1936-1967).

RAUEN, R. O Jornal Escolar como Estratégia à Produção de Textos na Escola e não para Ela: Uma Prática Possível.

SILVA, A. O Jornal Escolar como Campo de Estudo da Educomunicação: A Experiência Pedagógica do Jornal Educativo e do Notícias Escolares.

SILVA, D. Jornal Escolar: Estratégia Pedagógica para o Ensino de História.

SOBREIRO, M. Célestin Freinet e Janusz Korczak, Precursores do Jornal Escolar.

TEIXEIRA, A. As propostas de Jornal na Educação e suas Implicações com a Formação da Cidadania.

VELLAR, M. O Jornal Escolar: Escrita e Pensamento.

ZANCHIM, W. Jornal Escolar e a Formação Cidadã – Uma Experiência no Colégio Estadual Olavo Bilac da Cidade de Sarandi-PR.

Compartilhe este conteúdo

Entre em contato

O seu e-mail não será divulgado. Verifique que esteja correto, pois precisaremos para responder.